FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

PROSA

Quando Deus nos presenteia com um filho, antes de nos dar somente alegria e felicidade, está nos dando, também, um tufão de responsabilidades. Por fim, e em verdade, filhos são indeléveis!

Em síntese, não nos imolamos por nossos filhos. O que de real fazemos, é conduzi-los e exercitá-los para serem, no futuro, pais conscientes, zelosos e amorosos. Afinal, não somos somente genitores, somos antes, espelhos refletores!
Intelectualizar e transcendentalizar os filhos, é ser dócil e obediente à natureza de Deus.

Com certeza, quando nos desenlaçarmos da atual matéria e aportarmos na outra dimensão, uma das primeiras coisas que o Criador nos perguntará, será:
O que fizestes dos filhinhos, que eu te dei?

Antônio Poeta

Um comentário:

  1. PROSA


    Quando Deus nos presenteia com um filho, antes de nos dar somente alegria e felicidade, está nos dando, também, um tufão de responsabilidades. Por fim, e em verdade, filhos são indeléveis!

    Em síntese, não nos imolamos por nossos filhos. O que de real fazemos, é conduzi-los e exercitá-los para serem, no futuro, pais conscientes, zelosos e amorosos. Afinal, não somos somente genitores, somos antes, espelhos refletores!
    Intelectualizar e transcendentalizar os filhos, é ser dócil e obediente à natureza de Deus.

    Com certeza, quando nos desenlaçarmos da atual matéria e aportarmos na outra dimensão, uma das primeiras coisas que o Criador nos perguntará, será:
    O que fizestes dos filhinhos, que eu te dei?

    Antônio Poeta

    ResponderExcluir

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães