FOTO POEMA

FOTO POEMA

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Para refletir

Um velho estava cuidando de uma planta com todo o carinho.
O jovem aproximou - se e perguntou:
- Que planta é esta que o senhor está cuidando?
- Ah! É uma jaboticabeira - respondeu o velho.
- E ela demora quanto tempo para dar frutos?
- Pelo menos uns quinze anos - informou o velho.
- E o senhor espera viver tanto tempo assim?
- indagou irônico o rapaz.
- Não, não creio que viva mais tanto tempo, pois já estou no fim
da minha jornada! - disse o ancião.
- Então, que vantagem você leva com isso, meu velho?
- Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria
jaboticabas se todos pensassem como você...

“Não importa se teremos tempo suficiente para ver mudada as
coisas e pessoas pelas quais trabalhamos e desejamos, mas sim
que façamos a nossa parte, de modo que tudo se transforme a
seu tempo”.

Um comentário:

  1. Um velho estava cuidando de uma planta com todo o carinho.
    O jovem aproximou - se e perguntou:
    - Que planta é esta que o senhor está cuidando?
    - Ah! É uma jaboticabeira - respondeu o velho.
    - E ela demora quanto tempo para dar frutos?
    - Pelo menos uns quinze anos - informou o velho.
    - E o senhor espera viver tanto tempo assim?
    - indagou irônico o rapaz.
    - Não, não creio que viva mais tanto tempo, pois já estou no fim
    da minha jornada! - disse o ancião.
    - Então, que vantagem você leva com isso, meu velho?
    - Nenhuma, exceto a vantagem de saber que ninguém colheria
    jaboticabas se todos pensassem como você...

    “Não importa se teremos tempo suficiente para ver mudada as
    coisas e pessoas pelas quais trabalhamos e desejamos, mas sim
    que façamos a nossa parte, de modo que tudo se transforme a
    seu tempo”.

    ResponderExcluir

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães