FOTO POEMA

FOTO POEMA

sábado, 27 de fevereiro de 2010

PAVÊ CARA DE PAU!


Meu encontro com José Serra governador de São Paulo e pré-candidato a presidente pelo PSDB, eu que sempre fui petista de carteirinha, agora não acredito em partido nenhum, prometi que tiraria uma foto com o governador na inauguração da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) em Mongaguá,trabalho de estagiário na Jofege uma empresa que presta serviço para a Sabesp e está fazendo o serviço de saneamento básico na cidade. O que eu não faço pelo meu filho Matheus que vem aí.

PRIMEIRA TENTATIVA:

Tentei uma abordagem direta quando ele desceu do carro fui com o celular e cheguei perto mas o segurança me barrou e quase tomou um capote.


SEGUNDA TENTATIVA:


Na hora em que ele estava saindo tentei de novo, mas eis que o segurança me barra de novo desta vez ele estava mais esperto que eu, mas não desisti e segui para o meu objetivo final, decidido a conseguir a minha sonhada foto com o careca mais famoso de São Paulo.



TERCEIRA E ÚLTIMA TENTATIVA:


Pois bem, eu driblei novamente o segurança desta vez com medo que não desse certo, fui pela frente do carro e como último recurso gritei: - Governador, posso tirar uma foto com o senhor?- Gritei e já me aproximei dele consegui a tão sonhada foto tirada por uma puxa-saco do careca (só podia ser, quem vai se oferecer pra tirar foto uma hora dessas?) e assim comemorei a minha façanha como quem comemora um gol em final de copa do mundo.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

PAVÊ FLAGRA E CORRIGE


PAVÊ FLAGRA E CORRIGE


Essa é a mais nova coluna do nosso blog, mandem fotos de coisas bizarras, placas, com erros mais estranhos e engraçados a intenção é divertir e informar ao mesmo tempo, nesse caso temos como primeira palavra “excesso” é assim que se escreve e não como está no caminhão. o que excede é excesso, com “SS”.


Mandem sugestões para o Blog e fotos se quiserem.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

PÔR DO SOL NA MINHA CIDADE

O por do sol na minha cidade é sempre lindo
cheio de paz e harmonia
parece melodia aos meus ouvidos

o por do sol na minha cidade é divino
ilumina a mais feia tempestade


ah, que saudade dos tempos vividos
que vontade de ser novamente criança

Mas ainda somos jovens e cheios de esperança
no futuro que construimos



ah, que por do sol lindo

o da minha cidade


Deus abençoe!



(para Matheus meu filho)


Thiago Guimarães

IMAGEM DO DIA

IMAGEM DO DIA

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

PAVÊ ESOTÉRICO - 2010

PAVÊ ESOTÉRICO 2010
Inaugurando a nossa coluna de esoterismo deste ano nada melhor do que a mensagem positiva de Buda e sua história.

Divirta-se!





• História de Buda
Buda nasceu na fronteira da Índia com o Nepal, e era um príncipe. Seu nome verdadeiro era Siddhartha Gautama. "Buda" foi uma espécie de título que ele adquiriu e significa "O Iluminado".
Os registros sobre a vida de Buda foram escritos muitos anos depois de sua morte. Além disso, quem escreveu foram seus seguidores, e não os historiadores. Assim, é difícil separar os fatos reais dos mitos e lendas sobre a vida desse mestre.
Dizem que o pai de Buda queria que ele fosse um guerreiro, mas ele era mais inclinado à meditação. Atendendo ao pai, ele casou-se cedo e experimentou durante certo tempo a vida da corte. Mas aquilo o aborrecia e, assim, acabou deixando sua casa para vagar pelo mundo, em busca da iluminação.
Aos 29 anos, Buda encontrou um homem velho, um doente e um cadáver. Ele percebeu que o sofrimento era o ponto comum a todas as pessoas. Resolveu, então, viver como um mendigo e abandonar a família, a riqueza e o poder para se concertrar na busca da Verdade.
Um dia, sentado sob uma árvore perto de Gaya, Buda recebeu a Grande Iluminação e compreendeu como seria possível livrar os homens do sofrimento. Logo depois, ele proferiu seu primeiro sermão, em um lugar perto de Bernares.
Acompanhado por seus cinco discípulos, Buda viajou pelo vale do rio Ganges (o mais importante da Índia) ensinando suas doutrinas, reunindo seguidores e criando comunidades de monges que admitiam qualquer pessoa, independente de sua casta (até então, a religião na Índia separava as pessoas por classes sociais muitíssimo rígidas). Retornou a sua cidade natal e converteu seu pai, sua mulher e outros membros da família às suas crenças. E, depois de 45 anos de atividade pelo bem das pessoas, morreu em Kusinagara, no Nepal, depois de ter comido carne de porco contaminada. Ele estava com cerca de 80 anos.
Buda foi um homem de grande caráter, que tinha enorme compaixão por todos os seres e uma visão que penetrava na alma das pessoas. Ele criou uma nova religião, que influencia a vida de milhões e milhões de pessoas em todas as partes do mundo há 2.500 anos.


Fonte: Mingau digital
Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães