FOTO POEMA

FOTO POEMA

sábado, 31 de dezembro de 2011

2012 - Há vagas.

Vamos marcar presença em 2012
depois da queima de fogos,
depois dos shows,
com os pés fincados na areia,
e com aquela imensa corrente:
- "Pra Frente"!
Que nada nem ninguém
estrague essa festa.
Que o clima
invada também alma
dos que preferem se isolar,
deixando as exaltações de lado.
Nas grandes cidades
ou nas pequenas aldeias,
que o último dia de 2011 se vá
levando toda obscuridade.
Novo início, novos desígnios.
Que os caminhos dessa estrada
nos concedam muita força de vontade,
muita garra!
Que estejamos prontos a viver
sempre visando o dia seguinte
com muita paz, muita poesia
e
muito amor pela vida!

Cecília Fidelli.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Amigos Seguidores, meu muito obrigado a todos.


Que em 2012
tenhamos alegrias espumantes
e realizações marcantes.
Com carinho poético,

Thiago Guimarães.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mais um ano novinho em folha.


2012 vai chegar
como chegaram
todos os anos anteriores.
Tão inocente, quanto malicioso,
e vai ser recebido
com rojões,
foguetes pirotécnicos,
ruidosos, coloridos e brilhantes.
Tomara que sem nenhum acidente.
Trazer ilusões e medos,
maldades, prazeres,
fadas, magos,
navios de sonhos,
barcos sem remos.
Vai trazer alegrias,
enfatizar outras barbáries,
mas aos poucos,
também a sabedoria
que viaja, literalmente,
através do tempo
com o aval das experiências
se conservarmos
na lembrança o Natal
de todos os dias, o ano inteiro.
Se seguirmos os exemplos
Daquele que veio
do ventre de Maria.
Antecipo aqui,
a retrospectiva de 2013.
2012,
vai continuar assaltando
nossas carteiras,
por conta do capitalismo,
vai tirar o bom humor
e quem sabe mais uma vez
a credibilidade do Povo Brasileiro,
afinal, ano de eleições,
que lembram corrupções.
As coisas de sempre.
Vamos continuar escrevendo,
copiando e colando
poemas de paz,
de amor e saudade.
Espalhando perfumes Celestiais
e os caos em trânsito
aqui e no resto do mundo.
Mãos cheias de dinheiro,
figurando com mãos
vazias de carinhos.
Em todos os lugares
ao mesmo tempo,
idéias e pensamentos
mais e mais globalizados,
constantemente.
E haveremos de continuar vivendo
hora felizes, hora destroçados.
Revivendo emoções antigas
e vivenciando outras inéditas.
Vai ser pra lá de bom se a saúde
estiver sempre presente.
Se pudermos explodir
de contentamento
com presenças que nos encantem,
se pudermos acolher
pelo menos alguns irmãos
e dividirmos o osso.
Porque o mundo gira
e o que importa na humanidade,
são as atitudes nobres e solidárias,
são os olhares reveladores.
São os terrenos férteis,
o trabalho e a paz
principalmente nas sociedades
ainda menos coerentes.
Os ventos
vão continuar soprando,
e que bons ventos
cheguem a todos os cantos
sem fluir tantos tormentos.
Que o sexo forte
faça lindos versos ao sexo fraco.
Que os idosos e as crianças
sofram e chorem menos.
Que cada um de nós
projete e execute com sucesso
seu próprio paraíso
sem prejuízo dos outros.
Que a lágrima
possa atingir um ponto ameno
pra ser menos tristonha.
Que possamos continuar indo e vindo
sem o obstáculo da violência,
sem nenhuma espécie
de preconceito ou constrangimento.
Que prevaleça sempre o bom senso.
Que os sorrisos
sejam ampliados até a orelha.
Que nossa Constituição obsoleta
sofra as necessárias, reais e
devidas modificações
por políticos hoje tão ausentes.
Por parlamentares
de melhor caráter, decentes,
menos dementes.
Por todos nós, não só pra eles.
Críticas e berros
não tem tido ressonâncias.
E que todos se esforcem
pra espalhar mais luz
que sombras sobre a natureza.

Cecília Fidelli

domingo, 18 de dezembro de 2011

sábado, 17 de dezembro de 2011

Ex-Amor.

Sonhar, sonhar, e sonhar,
é das ilusões
que mais oprimem.

Cecília Fidelli

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Declaração dos Direitos do Amor.




Considerando ser o Amor
o maior de todos os agentes de Utilidade Pública,
PROCLAMA-SE O QUE SEGUE:

Artigo 1º
O amor pode apropriar-se de todo e qualquer coração,
com ou sem anuência do dono.

Artigo 2º
Em presença de sentimentos inferiores, tais como a raiva,
o ódio e o ressentimento, ao Amor é permitido julgá-los e
extraditá-los sem direito a reconsideração da pena.

Artigo 3º
O Amor deve ser respeitado em todas as suas formas,
sejam elas dirigidas a pessoas, coisas, vegetais ou animais.

Artigo 4º
Ao Amor é sempre permitida a companhia do perdão,
pois que sem este Ele está falsificado.

Artigo 5º
O Amor tem o direito de ficar cego, surdo e mudo
quando em presença de maledicências
e pode apresentar-se como agente de paz
diante de desarmonias e atos prejudiciais
a todos os seres do Planeta.

Artigo 6º
O Amor tem licença plena para manifestar-se livremente,
independente de raça, credo ou religião.
Ele é incondicionalmente livre
para viver em seu habitat natural: o coração.

Artigo 7º
O Amor é bússola que aponta o caminho para a Felicidade
e assim deve ser indiscutivelmente reconhecido.

Artigo 8º
A todo aquele que banir o Amor do seu coração
será imputada a pena de solidão,
isolamento e sofrimento perpétuos.

Artigo 9º
O Amor nunca deverá ser responsabilizado por dores,
perdas ou danos e tem amplos poderes para neutralizar
todas as batalhas, sejam elas emocionais, familiares ou sociais.

Artigo 10
Ao Amor não se aplicam Leis Trabalhistas:
Ele pode exercer suas funções 24hrs por dia
durante TODOS os dias do ano.

Artigo 11
Quando o Amor entra em corações, deve ser bem recebido,
bem tratado, bem nutrido e absolutamente livre para agir
em prol de todos os envolvidos por Ele.

Artigo 12
Em nenhuma hipótese o Amor deverá ser álibi
para atitudes de más intenções, tais como usá-Lo
como desculpa para enganar, iludir ou controlar corações.
Também nunca poderá ser instrumento de brincadeira
com o sentimento do homem ou da mulher.

Artigo 13
Toda e qualquer tentativa de matar o Amor será tratada
pelo Universo como crime contra a vida do próprio mandante.

Artigo 14
O Amor é partidário da Lei de Causa e Efeito:
Ele pode partir em definitivo da Vida daqueles
que optam pelo sofrimento diante das adversidades,
e também daqueles que se deixam cair em abandono.

Artigo 15
Ao Amor nada deve ser acrescentado
e Dele também nada retirado,
posto ser o mais perfeito de todos os sentimentos
e manifestação absoluta de Deus.

Parágrafo Único:
Os Direitos do Amor sempre protegerão os legítimos
Direitos de Todos os Seres.

- REVOGUEM-SE TODAS AS DISPOSIÇÕES EM CONTRÁRIO.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Cultura Popular.



O forró é uma dança popular
de origem nordestina.
Esta dança
é acompanhada de música,
que possui o mesmo nome.
O forró,
possui temática
ligada aos aspectos culturais
e cotidianos
da região Nordeste do Brasil.
A música de forró
é acompanhada dos seguintes
instrumentos musicais:
triângulo, sanfona e zabumba.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Uma verdadeira história de amor.

Professor se encontrou com um grupo de jovens que falava contra o casamento. Argumentavam que o que mantém um casal é o romantismo e que é preferível acabar com a relação quando este se apaga, em vez de se submeter à triste monotonia do matrimônio. O mestre disse que respeitava sua opinião mas lhes contou a seguinte história:
Meus pais viveram 55 anos casados. Numa manhã minha mãe descia as escadas para preparar o café e sofreu um enfarte. Meu pai correu até ela, levantou-a como pôde e quase se arrastando a levou até à caminhonete.
Dirigiu a toda velocidade até o hospital, mas quando chegou, infelizmente ela já estava morta.
Durante o velório, meu pai não falou. Ficava o tempo todo olhando para o nada. Quase não chorou. Eu e meus irmãos tentamos, em vão, quebrar a nostalgia recordando momentos engraçados.
Na hora do sepultamento, papai, já mais calmo, passou a mão sobre o caixão e falou com sentida emoção:
Meus filhos, foram 55 bons anos...
Ninguém pode falar do amor verdadeiro se não tem ideia do que é compartilhar a vida com alguém por tanto tempo.
Fez uma pausa, enxugou as lágrimas e continuou:
Ela e eu estivemos juntos em muitas crises. Mudei de emprego, renovamos toda a mobília quando vendemos a casa e mudamos de cidade. Compartilhamos a alegria de ver nossos filhos concluírem a faculdade, choramos um ao lado do outro quando entes queridos partiam. Oramos juntos na sala de espera de alguns hospitais, nos apoiamos na hora da dor, trocamos abraços em cada Natal, e perdoamos nossos erros...
Filhos, agora ela se foi e estou contente. E vocês sabem por que?
Porque ela se foi antes de mim e não teve que viver a agonia e a dor de me enterrar, de ficar só depois da minha partida. Sou eu que vou passar por essa situação, e agradeço a Deus por isso.
Eu a amo tanto que não gostaria que sofresse assim...
Quando meu pai terminou de falar, meus irmãos e eu estávamos com os rostos cobertos de lágrimas. Nós o abraçamos e ele nos consolava, dizendo: 'Está tudo bem, meus filhos, podemos ir para casa.
E, por fim, o professor concluiu: Naquele dia entendi o que é o verdadeiro amor. Está muito além do romantismo, e não tem muito a ver com o erotismo, mas se vincula ao trabalho e ao cuidado a que se professam duas pessoas realmente comprometidas.
Quando o mestre terminou de falar, os jovens universitários não puderam argumentar. Pois esse tipo de amor era algo que não conheciam. O verdadeiro amor se revela nos pequenos gestos, dia-a-dia e por todos os dias. O verdadeiro amor não é egoísta, não é presunçoso, nem alimenta o desejo de posse sobre a pessoa amada.
Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado com certeza chegará mais longe...
Desconheço a autoria da mensagem, se alguém souber, por favor informem.

- Extraído do - enecidourado.blogspot.com

sábado, 10 de dezembro de 2011

Exausto.

Eu quero uma licença de dormir,
perdão pra descansar horas a fio,
sem ao menos sonhar
a leve palha de um pequeno sonho.
Quero o que antes da vida
foi o sono profundo das espécies,
a graça de um estado.
Semente.
Muito mais que raízes.


Adélia Prado

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

8 de Dezembro - Dia de Nossa Senhora da Conceição.


Hoje, 8 de Dezembro é o dia
De Nossa Senhora da Conceição
Maria, quer dizer Senhora das Luzes

Nossa Senhora de Nazaré
Nossa Senhora da Conceição Aparecida
Nossa Senhora do Rosário
Nossa Senhora de Guadalupe
Nossa Senhora de Lourdes
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Nossa Senhora do Carmo
Nossa Senhora de Fátima

Estes são só alguns dos nomes pelos quais
Nossa Senhora, a Virgem Maria é conhecida.
A festa à Nossa senhora da Conceição foi
instituída pelo Papa Sisto IV em 1477.
E tradicionalmente,
é dia de montar a
Árvore de Natal!

Que a nossa árvore venha carregada
de muita paz, muita poesia
e
muito amor pela vida!!!

Cecília Fidelli e Thiago Guimarães.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Disney - Nossa singela homenagem.


WALTER ELIAS DISNEY
(Chicago, 5 de dezembro de 1901
— Los Angeles, 15 de dezembro de 1966),
foi um produtor cinematográfico,
cineasta, diretor, roteirista, dublador,
animador, empreendedor, filantropo
e co-fundador da The Walt Disney Company.
Tornou-se conhecido,
nas décadas de 1920 e 1930,
por seus personagens
de desenhos animados,
como Mickey e Pato Donald.
Ele também foi o criador
do parque temático sediado
nos Estados Unidos, chamado Disneylândia,
além de ser o fundador da corporação
de entretenimento,
conhecida como a Walt Disney Company.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Ouça.


Na trajetória do silêncio
as palavras tornam-se dispensáveis.
Elas ficam apenas nos pensamentos
enquanto o olhar perdido,
carrega amor nos braços.

Cecília Fidelli.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Natal.


Banho de luzes.
Mendigos reviram lixo,
como abutres na escuridão.
Procuram Jesus-Menino,
só encontram
a solidão.

Cecília Fidelli.

Já estamos em Dezembro!!!



ocupado(a) Paz e Poesia:

Para criança moderna,
papai-noel é um velho-moço,
que em Dezembro,
tira a barba da gaveta
e renasce nos shoppings
onde o amor e a ternura
sobressaem
cada vez mais das lojas,
para uma noite de natal
de aparente bondade fraterna.

Cecília Fidelli.
- Do livro: Coisa Nossa.



Amor Livre


Em tempos de ficar,
em tempos de correria,
explicitar.
O amor é um credo à parte.
Sem mesmo refletir sobre a textura,
a gente desfruta.
Fica, com a sensação do prazer cumprido.
E eu não vou sossegar
enquanto não desvendar esse mistério.
Quero ressucitar a magia com carinho,
gentilezas,
delicadezas,
mas preparada,
inclusive,
para uma rasteira.
O meu amor me completa,
verdadeiramente.
Amor programado,
segundo escala de trabalho,
disponível nas folgas.
E eu não dou folga!
Então vem a compensação:
Adoro você!
Aliás,
profundamente sentido.
Extremamente sensível,
esse nosso bombardeio
torna-se ainda mais prazeiroso.
Arrebatada por essa paixão,
uso e abuso.
Satisfaço e me satisfaço.
Trago à tona minha boca.
Dou-me toda.
Taras...
Faço caras.
Entre as explosões
alterno beijos nos lábios,
no dorso
e descendo...
Em tempo de ficar,
é tempo de explicitar nosso amor.
Nosso credo à parte.
Só sei que fazer amor
é muito,
muito mais que gostoso!

Cecilia Fidelli.
- Do livro: Poemas de Amor, sem dor.
♡•♡• Reviragita Poesia.♡•♡•

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães