FOTO POEMA

FOTO POEMA

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

E vamos sonhar.

Sonhos ontem,
sonhos hoje,
sonhos amanhã.

Longos caminhos
que nos deixam esperando,
até sem saber o que esperar.

Se os sonhos se concretizam,
vem carregados de docilidades.
Se eles não se concretizam,
descarregamos raivas sem fim.

Se dermos ouvidos aos sonhos,
como se ouve o barulho
das águas de um riacho,
vão embora correndo.

Se ficam parados, reluzentes,
na área de acampamento
das ilusões adormecem.
Adormecem e despertam.

Sonhos.
Livres e felizes.
Angustiados ou tristonhos.

Cecilia Fidelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães