FOTO POEMA

FOTO POEMA

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Ando assim ...


Pranto embargado,
engasgado na garganta.
Tosse de solidão.

Cecília Fidelli.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

domingo, 23 de setembro de 2012

Agora eu fiquei doce !

Foto: Pequeno Matheu - Filho do poetamigo
Thiago Guimarães,
 que aguarda um irmãozinho (a).

12 de Outubro - Dia da Criança!

Brinquedos pra lembrar esse dia.
Aos homenzinhos,
 bolas,
 carrinhos,
 caminhõezinhos,
 helicópteros.
Às garotinhas,
 casinhas,
 bonecas,
 ursos de pelúcia ...
Diante de choros ou sorrisos,
 anjinhos ou diabinhos,
lanchinhos,
 carinhos
 e lindas embalagens com guloseimas.
Brincadeiras de Crianças.
Esporte,
 vídeo games,
 não sei se ainda,
 amarelinha,
 pular corda,
 tantas coisas!
Crianças pra ensinar
 e pra aprender.
Pais,
 mães
 e responsáveis
 empenhados em transmitir
 valores sólidos,
 imersos no triste e no alegre
 de um mundo,
 que apesar de conturbado
 faz com que eles corram,
pulem
e gritem estridentemente.
É,
 criança,
 realmente dá trabalho
 e  faz barulho.
Em qualquer língua,
 crianças ou adultos
 comemoram este dia
 e percebem,
 sabem,
 que há que se respeitar a inocência.
Afinal,
 crianças,
 são amostras de gente grande.
Partinho do nascimento,
 um longo caminho a ser percorrido.
Pelo menos,
 pelas leis naturais da vida.
12 de Outubro
 é dia de shopping's,
 cinemas,
 parques,
 pipocas.
Toda criança tem o direito
 de experimentar,
 de sonhar.
Não é só a Deus
 que o futuro pertence, não.
E só o amor
 pode proporcionar às crianças,
 futuro risonho possível.
Porque perspectivas
 definem rumos
 e a exigência pra que isso
torne-se realidade,
 é só cuidar.
Às crianças que não podem ter privilégios,
 confortos,
que possamos dar pelo menos
 o mínimo necessário,
  algum carinho
e todo consolo,
 pra que tenham pra contar,
 não apenas histórias de lutas.
Pra que seus relatos
 sobre suas infâncias,
 tenham significado
e brilho no olhar.

Cecília Fidelli.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Primavera

A primavera está chegando.
Ela é a dama das estações.
Já, já, vem nos sorrir com afeto.
Visual extremamente completo.
Encantam nos jardins das mansões.
Encantam nos jardins dos casebres.
Com cores escolhidas a dedo,
nos brinda a natureza.
No contexto das aparências,
  doces segredos,
das essências que perfumam
 do Universo.
Entoando e espalhando no espaço
bem como em entrelinhas,
deliciosos textos poéticos.

Cecília Fidelli.

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães