FOTO POEMA

FOTO POEMA

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Hoje

É justamente porque o tempo passa,
que a gente às vezes se sente injustiçado.

A gente tenta explicar e não consegue,
então vai ao papel confessar tristezas,
revelar fracassos, expôr segredos.

E a gente continua insistindo
em unir-se à felicidade.

Mas, a felicidade, quer continuar solteira.

A tentativa febril não morre.

O sentido de viver é que nos engana
e parece que se vai...

A introspecção dá versões cheias de erros.

Reformular o hoje, transforma-se em
sensação de insensatez.

São muitos os chutes da vida no traseiro?

Entretanto, o passar do tempo
nos torna heróis ou heroínas.

O passar do tempo é assim...
uma loucura divina!

Mas, voltar à um passado longínquo
não quer dizer que vamos encontrar
a mesma pessoa que tanto amamos
e nunca esquecemos.

Cecília Fidelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães