FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Taça de barro

Sérgio Saggard

Dei minha poesia
à leitura das flores
sem mais amores
Translado-me agora
de elemento em elemento.

Deixo por onde passo
- Poeira e fogo
nos meus passos.

O drama de vida e morte
É tudo !
Tão desconhecido !
Se move ao longe :

Surge a resposta então é sonho !
É o sonho que vivo - morto
Que me espanta !...

Vermelho escarlate :
- Um gole de vinho
que tirei das veias das estrelas !

O amigo Sérgio é um dos efetivos colaboradores do Versos Livres.
Ele é da cidade de Bayeux – PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães