FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Por: Diego Leal

Sonho com a carta de alforria.
È triste saber que há tanto tempo desde o escravismo, feudalismo, nazismo, fascismo ainda continuamos enclausurados, sim completamente presos. Temos um sistema que repudia novas idéias, posso até utilizar uma frase cristã para ficar mais explicito como nosso sistema é bonzinho com novas idéias “é mais fácil um camelo entra no buraco de uma agulha, do que um rico entra no reino dos céus” quando me refiro à liberdade não trata só da física, e sim a mental a psíquica essa sim esta fadada ao fracasso ao estresse, traumas, psicopatia, rejeição, opressão, suicídio. Sim o sistema tem todas as ferramentas para o ser humano, a aqueles que se diferencias dos demais temos o manicômio os que agredirem ou matarem outro ser humano sem alvará do sistema temos as cadeias o trabalho para ti tirar do ócio e praticamente sua vida, a educação para ter ensinar como ser burro manipulado e se acha o sabichão do conhecimento. O engraçado disso tudo é que o sistema tem seu próprio marketing social, cria estilo de moda e aplica em determinados grupinhos fechados, ele por sua fez se sente parte da sociedade por ser alienado sem saber ou mesmo sabendo não consegui deixar o vicio pela compulsão do consumo, e o mais hilário disso tudo é que quando vêem uma de uma estilo completamente diferente do seu, logo é inibido pelo grupo, não é aceito nada, sua presença, suas idéias enfim, o sistema sabe mesmo como controlar as pessoas, e ainda tem pessoas que acha que Freud foi o que chegou mais longe no cérebro humano. A educação é algo fascinante sim Senhoras e Srs. Sabe por que, veja bem, como é este teatro global a onde somo todos existentes que um dia passaremos de um teatro social para entra em um tumulo e deixa de atual para todo sempre, o sistema é cíclico da educação. Os educadores fingem que ensina os universitários fingem que aprendem, são pessoas doentes formando mais doentes e depois se dá o diploma ou certificado para encerra toda essa peça teatral. Como Marx dizia em seu tempo “ópio do povo”, mas o inimigo mudou não é mais a religião!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães