FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Meu amor, meu norte.

Um dia...
Nossos olhares se cruzaram e o coração...
Bateu, bateu, bateu.
A partir daí, passamos a viver com essa "obsessão".
Todos puderam ver.
Taxaram como delirio desvairado.
Mas agora eu sei.
O amor sobreviveu!
Só vivemos para entender...
Ouso amar outra vez.
O mesmo amor.
O primeiro, único e grande amor.
Isso não tem fim.
Isso nunca vai acabar.
Continuamos entregues um ao outro.
Deixamos pra trás tudo o que passou.

Cecília Fidelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães