FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Mata

"MATA"

Hoje me matas

violentamente

com este machado



Mas,

Amanhã das minhas flores

te farão uma coroa,

do meu caule tua urna mortuária.



Aí sim.

Irás ao encontro da minha raiz.

Eu te esperarei lá embaixo.



Selmo Vasconcellos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães