FOTO POEMA

FOTO POEMA

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Controvérsias

Estende o teu olhar.
Esse carinho, tanto quanto a falta dele, me imobiliza.
Divago em versos angustiosos, estou sòzinha na multidão
e o palheiro, é grande demais.
Às minhas expectativas, arranja um tempo, um momento,
me chama de meu amor, mesmo que isso não seja verdadeiro.
Sai da rotina, me toma em seus braços,
que eu quero voltar pra casa feliz e permanecer assim,
nem sei por quanto tempo e sonhar todas as noites dos meus dias,
explicar a poesia...
Um momento. Um único momento.
Não sei mais como lidar com os controversos.

Cecilia Fidelli.
Do livro: Não Perecíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães