FOTO POEMA

FOTO POEMA

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Terra, glamour, zero!

Sensibilidade inconpleta nos separa do universo.
Mesmo assim, ele se expande.
Em número cada vez maior, o homem,
preso aos seus instintos mesquinhos, emite seus
gazes de guerras com chuvas de luzes,
comparáveis ao brilho das estrelas.
Imagens velozes mostram o paradoxo:
A insensibilidade completa.

Cecilia Fidelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães