FOTO POEMA

FOTO POEMA

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Juras de Amor

Itanhaém, do mais caiçara dos sóis,
sempre que te contemplo na madrugada,
lá das pedras da praia do sonho,
sinto que Deus, me deu a paz de presente.

Juro que essas pedras cantam vida
e que as estrêlas do teu céu
são mais brilhantes
e as do teu mar, são coloridas.

Quando a gente te fita
e te vê assim tão bonita,
guarda no íntimo
teu semblante atraente, pra sempre.

No pôr-do-sol dos teus rios,
vejo a alma dos poetas, seus filhos,
versando que Deus,
em sua homenagem,
vinte e quatro horas por dia,
usa pincéis de trovador.

Cecília Fidelli.


Publicado na coletânea Itanhaém em prosa e verso.
Academia Itanhaense de Letras - 2007.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães