FOTO POEMA

FOTO POEMA

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Intensidades

Rubens Alves Pereira

a verticalidade do rio
que corre para um tempo sem margens.

humana presença
a navegar espaços perdidos em mapas
remotos.

terceira lâmina.
folha da inviolável carta
aos esquecidos endereços
do homem

navegar
se preciso fosse
a lugar algum das origens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães