FOTO POEMA

FOTO POEMA

terça-feira, 17 de maio de 2011

Amor no gerúndio

É aquele buraco que fica lá dentro.
Enraizado.
Fundo...
Ardendo.
É aquela dor que fica na alma.
Batendo.
Ferindo.
Correndo.
É aquele susto que fica no fundo.
Gemendo.
Confundindo.
Tremendo...
É o que fica no corpo e na mente.
Desiludindo.
Dormindo.
Crescendo.

Teresa Moraes.
06.07.2007

Um comentário:

  1. @Teresa Moraes@@:
    Estou tentando enviar um comentário no blog mas pela falta de costume eu não consegui ainda...

    Obrigada por este espaço literário..confesso que não sou acostumada ainda com os blogs, mas tentarei me conectar mais e frequentar este blog que é riquissímo. Sou formada em Letras (2008.2) e no momento terminei minha pós em literatura brasileira, mas a POESIA esta presente em minha vida por muito tempo e bem antes de entrar na faculdade... Obrigada Cecília Fidelli amiga virtual e de alma que a vida me deu e este espaço é perfeito para nós poetisas, poetas , escritores em formação ainda como eu... sem ter uma nomenclatura forte, mas sabendo que a poesia é parte integrante e inalienável na minha vida e na vida das pessoas que visitam este blog. Grande abraço. Teresa Moraes.recife/PE

    ResponderExcluir

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães