FOTO POEMA

FOTO POEMA

sábado, 2 de julho de 2011

Fonografia do som

Fonografia do som


.
Fonografei o som de quatro letras
A M O R
Ao ouvir sua representação,
percebi uma letra a mais. AMOOR.
Na arte de combinar
os sons, consonantais
e encontros vocálicos,
as leis da acústica,
deixei ecoar livremente
pelo canal bucal
o nome AMOR...
Percebi durante
o exercício mental,
como se eu quisesse
dar vida a aquelas letrinhas,
de um som significante,
a imagem
da mais linda mulher.
Não queria mais continuar
pensando nisso.
Então corri ao fone
da minha praça.
Liguei para AMOR.
Somente para ouvir
o som de sua voz...
Meus ouvidos
captaram o som
da mais linda voz feminina
os quais, enviaram para meu cérebro
aquelas distintas unidades
depreendida da fala
agrupada e pronunciadas
num só impulso expiratório
dizendo:
Eu amo você...

.
Poeta Francis Perot

2 comentários:

  1. São esses momentos que faz-me ainda continuar construindo meus poemas. Esse poema eu me lembro bem como ele nasceu... Estava eu na sala de aula, e a minha professora disse: Vamos estudar hoje fonética, e no meio da aula eu já tinha construído esse poema. Fiz para passar uma cantadinha nela já que eu gostava daquela loirinha. Obrigado meu anjo por fazer eu voltar algum tempo atrás em busca de minhas boas recordações... Um imenso abraço aos idealizadores do blog. Lindo demais. Beijos na alma... Poeta Francis Perot

    ResponderExcluir
  2. Hum... beijos na alma!
    Não vou dizer que é tudo que me falta.
    Mas... que é tudo o que me faltava hoje.

    ResponderExcluir

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães