FOTO POEMA

FOTO POEMA

terça-feira, 19 de julho de 2011

Criando Asas.


Quando nossos sonhos crescem
os vazios desaparecem.
Voar livremente,
atingir as nuvens
em pensamentos.
Perder um tempão com o sol absoluto.
Sentir a brisa do mar,
ter um cantinho nas montanhas
ou estacionar nas próprias vontades.
Beijar as flores,
embriagar-se de suas cores.
Perder-se no espaço
e percorrer das alturas,
todos os caminhos lá de baixo.
Distanciar-se ao acaso.
Estou convencida de que
na leveza de cada ser,
de cada espécie,
há sempre algo inesperado,
ou algum doce mistério.
Um vento estimulante,
um céu calado
emudecendo a magia,
como se o mundo fosse só silêncio.
Como se todos estivessem adormecendo.
Mas, estou consciente.
Apenas permaneço
nas imaginações do momento.

Cecília Fidelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães