FOTO POEMA

FOTO POEMA

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Ele. Sempre ele.


Céu azul da manhã.
Ar fresquinho.
Cheirinho de cafèzinho.
Sinais de um belo dia!
Ele me olha silenciosamente,
com aquele jeito ingênuo
no fundo dos olhos
num gesto compenetrado
infinitamente terno.
Um encanto
que me toca o coração.
Meu delírio.
E só se multiplica.
É de se perder os sentidos.
Está alí
reservado, disponível,
sempre sereno,
tranquilo,
despertando
até o arco-íris,
enraizado em doçura.

Penetra em meus versos.
Ele. Sempre ele.
O jasmim do meu jardim!


Cecília Fidelli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães