FOTO POEMA

FOTO POEMA

domingo, 17 de julho de 2011

Alternativa.

Quando o amor
chega ao final da colheita...
É preciso pagar caro
pela semente
que havia sido plantada
mas não germinou.
Dois corações afetados.
Duas almas em pedaços,
até que venha nova safra.
Amar depende de bom clima.
Não de geadas íntimas.
É quando é preciso
procurar novos aromas,
em novos pomares.
Toneladas de afetos
dispersos.
Um novo amor,
pra substituir o antigo.
Quem sabe tem um aí
bem perto
e dá pra vida
voltar a ficar doce?

Ci Maneski.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães