FOTO POEMA

FOTO POEMA

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Confissão.


Alma silenciada
por tantas lágrimas derramadas,
coração dormente.
Mas na esquina silenciosa do destino,
um novo horizonte.
Você,
que com teu olhar misterioso,
feito magia
enfeitiçou todo o meu ser
despertando-me uma intensa paixão
que não conseguí evitar.
Rendi-me aos apelos do meu coração.
Abri as janelas dos meus sonhos,
alarguei meus espaços,
despi a minh'alma.
O amor adentrou em total sintonia.
Sob a luz do luar
nos entregamos numa fusão total...
com gosto de primeira vez.
Sorri,
chorei,
beijei o tempo,
bendisse o destino.

Bethe Dias.

Um comentário:

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães