FOTO POEMA

FOTO POEMA

domingo, 4 de setembro de 2011

Sobre a relva.

Sobre a relva.

Quando ele inclina a cabeça
em meu ombro
e fecha os olhos
para pedir um abraço carinhoso,
minha voz se cala
e sinto os agitos do amor.
Suave envolvimento.
Luzes internas se ascendem,
exteriorizando um mundo a dois
de arregalar os olhos.
Semblantes transfigurados
e os privilégios dos carinhos.
O que acontece depois
são rajadas de ventos,
multicoloridos.
Não conseguimos
mais ficar em pé depois.

Cecília Fidelli.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães