FOTO POEMA

FOTO POEMA

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

DILACERADA

Dilacerada
Tu carregas no coração
Dores e desilusão
Traz na alma as marcas
Tristes da solidão
Tu
Traz consigo o estigma do amor
Sentimento impossível pois tua vida
Não é assim
Dilacerada
Trazes o peito e a boca amarga com gosto de sangue
E morrerás um pouco a cada dia
Desta hemorragia
Que se chama
Dor.
Thiago Guimarães
06.12.2012


Um comentário:

Loading...

Seguidores

MANO EM: ESSE É DO BOM!

MANO EM: ESSE É DO BOM!
TEXTO E ARTE: THIAGO GUIMARÃES MANO CRIADO POR THIAGO GUIMARÃES

MANO EM: ESTAÇÃO DO AMOR

MANO EM:  ESTAÇÃO DO AMOR
Mano texto e arte Thiago Guimarães